Ataque de Tubarão

by Ataque de Tubarão

/
  • Streaming + Download

     

1.
2.
00:39
3.
4.
5.
6.
00:50
7.
8.
9.

about

SOBRE:

As letras desse disco foram todas escritas em meio a diversas situações deploráveis. Arbitrariedades institucionais que levaram um dos integrantes à prisão junto com diversos amigxs, as mesmas arbitrariedades que levaram à agressão de outrxs, à perseguição política e à prisão de diversxs companheirxs de luta... Violência policial, desocupações reintegrações de posse, racismo, homofobia, transfobia, violência contra a mulher... Da junção desses fatores, o resultado não poderia ser diferente: esse é um disco cheio de mensagens de ódio.

Ódio contra a opressão. Ódio contra a violência policial; contra o governo que dá tal ordem; contra a normatividade de uma sociedade que mata aquelxs que não se aplicam ao padrão. Ódio contra o machismo, enfim, contra qualquer tipo de opressão. Pensamos que a intolerância funciona nesse caso específico, e que a tomada de posição é importante. Por isso, fica claro aqui: não toleramos o racismo, o fascismo, o nazismo, o machismo, a opressão. Somos contra aqueles que se opõem à liberdade e, principalmente, contra a velha falácia de que "o opressor deve ser livre pra oprimir".

Portanto se trata de um ódio que gera resistência. Não se trata de inverter os papéis da opressão, mas de aniquilá-la. Não acreditamos em qualquer tipo de ditadura, que seja a ditadura das moscas. E ainda que tenhamos hoje nossas dúvidas quanto à efetividade das ações violentas que propusemos através de algumas letras, acabamos por resolver não omitir esse sentimento que nos motivou a escrevê-las. Justamente porque é de fato um sentimento que nos vem à flor da pele quando sentimos ou vemos a opressão e sabemos que não estamos sozinhxs nisso.

Ainda assim, deve ficar claro: que esse disco não é de fato um coletânea de propostas com soluções que consideramos as mais efetivas para solucionar os problemas contemporâneos da nossa sociedade: ele representa melhor a catarse do sentimento de ódio que sentimos todas as vezes que nos deparamos com tais problemas.

credits

released October 10, 2014

CRÉDITOS:

Todas as músicas por Ataque de Tubarão, gravadas e mixadas por Murillo Lugnani, no Estúdio Vox, em Maringá-PR

xFranciscox: guitarra/vocal
Iuri: bateria/vocal
Raoni: vocal/baixo

Primeira tiragem física: dia 18/07/2015. 22 cópias artesanais.

tags

license

about

Ataque de Tubarão Maringá, Brazil

xFranciscox: guitarra/vocal
Iuri: bateria/vocal
Raoni: vocal/baixo

diga não à opressão!

contact / help

Contact Ataque de Tubarão

Streaming and
Download help

Track Name: Fernando Pessoa
Letra:

A companhia lhe oprime e a solidão desola
num desassossego de existir,
e todo dia a noite é foda, diz:

“não encontro nenhuma saída!”

Mas tente se acalmar e
veja que o mundo não é só
Fernando Pessoa.
Track Name: God is dead
Letra:

God is dead,
got shot in a religious war,
eaten by dogmas,
and burried in fundamentalism.

The old man in the cloud
cannot judge you anymore!

God is dead
Traded by paper,
our new orthodoxy.
New divisions,
same hierarchy.

A fairy tale that
just wouldn't last!
Tudo o que nasce
deve morrer!
Track Name: I am Chewbacca
Letra:

I am Chewbacca
I am a wookie
I fight the empire
I kill the robots
don't try to chain me
I am Chewbacca
I rip your arms off
I kill your friend

Basta cair sua máscara e veremos que você é bem menor
do que aquilo que você projeta:
um poder institucional!
Sua hierarquia
te faz um bosta!
Lembre-se: um dia
seu império cai
e nos trombaremos
de igual pra igual
aqui no chão,
onde é o seu lugar.
E nesse dia você
não passará!
Track Name: À militância incoerente e suas ambições (se não posso tomar leite com pera, não é minha revolução)
Letra:

O que acontece com o mundo?
O destruímos e chegou a nossa vez.
Como uma doença que é curada,
daqui seremos expurgados.

E pra onde mudar
se não se sabe bem
o que mudar?
Andar pra traz também é mudança!

Pois qualquer papo
de mudança é em vão
enquanto explorarmos
como senhorxs e donxs daqui!

Fim do mundo já?
Não.
Track Name: Tyler Durden estava certo
Letra:

Roubar
tanques de gordura humana,
colocar fogo no Louvre!
Desapego de si mesmo é
destruir a rede bancária!

Tyler Durden
estava certo!

Fazer
sabonetes de dia e bombas à noite,
o que me limpa é o que te matará!
Track Name: Tiro na cara
Letra:

Sua solução é sua morte!
Me enoja saber que você vai voltar pra casa depois disso.
Dormir tranquilamente e vai
fazer tudo de novo:
mutilar os mutilados (soltar os cães do estado),
ordenar a execução
e erguer seu próprio império em sangue.

A menos
que esta
bala o pare!
Track Name: Qual o nome do seu vizinho?
Letra:

Você não conhece mais
as pessoas,
diz que não vive em sociedade,
reclama da vida
e de tudo,
afirma ser alguém melhor online!

Não usa drogas químicas
mas é dependente de drogas virtuais!

Qual o nome do seu vizinho?
Track Name: Crônicas do determinismo
Letra:

Você foi levado a crer
que é livre para agir
e tem domínio pleno sobre
aquilo que é o seu querer,
mas
quanto mais observar,
mais e mais vai perceber
que o que parecia uma escolha
foi programado em você.

E enquanto não se esforçar
pra se libertar de
padrões sociais e mentais,
você nada será mais que
uma máquina!

Por mais que
tente fugir,
você não é mais do que algo que toma
consciência
da sua maior limitação que é ser
uma máquina, um robô!
Track Name: Nova Justiça
Letra:

À impunidade no cotidiano da opressão machista:
chegou a hora de revidar!

Eis que lhes apresentamos
nossa nova justiça:

Pegue a faca
na cozinha,
mutile este
monstro violador!

Não mais ter medo!
Não mais à resignação!
Não mais calar-se
diante essa opressão!

Fuja da burocracia e
parta para a ação direta!
É a única forma de
se
fazer
temer!